A metodologia OKR para sair do lugar - JAB Consultoria

A metodologia OKR para sair do lugar

Guia definitivo do Inbound Marketing
15/10/2018
segmentação-de-leads
3 critérios para a segmentação de leads
24/10/2018
metodologia OKR

A metodologia OKR possibilita que seu negócio chegue cada vez mais perto das metas estabelecidas

A metodologia OKR é uma maneira de gestão muito eficiente. Mas sabemos bem que administrar uma empresa não é fácil.

São metas, fluxos, pessoas – dos dois lados do balcão. Quando o negócio está em crescimento, então, fica cada vez mais simples. Sim, simples! Você leu certo.

Adotar a simplicidade na administração faz parte da metodologia OKR – a sigla para Objectives and Key Results – e pode te ajudar a organizar as demandas e atingir melhores resultados.

Um pouco de história

Nos anos 50, Peter Drucker, o pai da administração moderna, alertava para a necessidade de ter metas com foco na produtividade.

Andy Grove, co-fundador da Intel, entendeu bem o recado e introduziu o conceito na empresa. Assim, nos anos 70, nasceu a metodologia OKR. O formato deu tão certo que foi adotado pelo Google e é aplicado até hoje com mais de 60 mil colaboradores.

Mas, afinal, o que é a metodologia OKR?

Trata-se de uma fórmula para estipular metas de fácil entendimento que, no fundo, funciona como uma ferramenta de comunicação interna e integração dos colaboradores com as diretrizes da empresa.

Se bem aplicado, o método aumenta a produtividade e reduz o stress no ambiente de trabalho, requisitos importantes para manter uma equipe motivada e saudável.

Portanto, a fórmula do OKR é, basicamente, como: “Eu vou (objetivo), medido por (conjunto de resultados-chave).

Interessante! Como aplicar a metodologia OKR na minha empresa?

Passo 1

metodologia OKR

A primeira medida a ser tomada está na cultura organizacional. Antes de implementar a metodologia OKR, é preciso que haja um interesse real em ter um processo estruturado com foco em resultados.

Por isso, não se assuste com a possibilidade de mudança, é por um bom motivo.

Passo 2

metodologia OKR

É hora de definir objetivos anuais e, depois, estabelecer os pontos mais importantes para o trimestre. Não precisam ser muitos, comece com três e estará num bom caminho. Escolha, também, as métricas que serão usadas para atingir o resultado.

Passo 3

metodologia OKR

Crie um calendário com reuniões que privilegiem os seguintes tópicos: definição de OKRs, calibragem de metas e acompanhamento de demandas.

O primeiro encontro deve ser reservado para decidir quais as demandas organizacionais, departamentais e individuais e como elas serão concretizadas.

Passo 4

metodologia OKR

Estabeleça um ciclo para as metas. Isso porque, em geral, os planos definidos na metodologia OKR são traçados para períodos trimestrais.

Avalie conforme a necessidade e as demandas dos colaboradores. O importante é ter tempo para executar sem causar um choque na rotina.

Dica: caso os objetivos sejam complexos, divida em pequenas tarefas que possam ser resolvidas em prazos menores.

Passo 5

metodologia OKR

Avalie os resultados de acordo com as métricas estabelecidas. É hora de conferir, também, como correu todo o processo e quais pontos podem ser melhorados. Feito isso, comece um novo ciclo.

Entendi, mas como montar um OKR eficiente?

A primeira regra é: simplicidade. A segunda é: preencher os requisitos abaixo.

  • Objetivo: é o que deve ser alcançado. A função do objetivo na metodologia OKR é comunicar e motivar a equipe a executá-lo. Uma dica legal é criá-los com verbos de estímulo, como conquistar, aumentar, gerar.
  • Resultados-chave (key results): são as métricas. A missão dos resultados-chave é definir quando o objetivo será atingido. Use de duas a cinco variáveis e lembre-se que elas devem ser quantitativas. Ou seja, se não gerar um número, não pode ser mensurada.

Veja esse exemplo: O objetivo deste artigo é aumentar o conhecimento dos leitores do blog da JAB sobre a metodologia OKR (Objectives and Key Results). Faremos isso através de um post com até 800 palavras, com 6 tópicos e 3 exemplos.

Pronto. Aplicamos a metodologia OKR no nosso próprio texto.

Atenção aos erros mais comuns:

  • Criar muitos OKRs: saiba eleger prioridades;
  • Falta de alinhamento: os objetivos devem ser definidos em equipe e estar de acordo com a política organizacional;
  • Falta de acompanhamento: realize reuniões periódicas de calibragem;
  • Definir metas muito fáceis: os objetivos devem ser desafiadores.

Inspire-se com alguns exemplos:

O OKR da organização

O objetivo da companhia para 2019 é dobrar a receita. Será cumprido com a expansão para três estados do Brasil, crescimento em 20% no número de clientes e aumento em 50% na retenção.

O OKR da equipe de marketing

O objetivo da equipe de marketing é garantir a satisfação do cliente. Será cumprido com o aumento de 30% de tráfego no site e Net Promoter Score superior a 51.

O OKR da Cláudia

A funcionária tem como objetivo melhorar o relacionamento com os consumidores. Para isso, coletará 100 respostas na pesquisa de satisfação e traçará um plano com 10 pontos a melhorar.

Já diz o ditado: menos é mais.

Agora que você já sabe como descomplicar os processos de trabalho, é hora de dar um passo adiante e aplicar a metodologia OKR. Vamos começar?